Páscoa – Passagem para Vida Nova

No Antigo Testamento da Bíblia Sagrada, a Páscoa foi instituída por Jeová (Deus) para que os israelitas celebrassem a noite em que Deus poupou da morte todos os primogênitos hebreus. Era uma oportunidade para os judeus, até então escravos dos egípsios, descansarem, festejarem e adorarem a Deus por tão grande livramento, que foi a sua libertação e saída do Egito.

No Novo Testamento, o judeu Jesus Cristo, morreu e ressuscitou pela humanidade, trazendo vida nova.

Fonte: estudantesdabiblia.com.br/licoes_cpad

Origem da palavra páscoa

A palavra Páscoa advém do nome em hebraico Pessach (=passagem), festa judaica que comemora a passagem da escravatura no Egito para a liberdade na Terra prometida.

A raiz da palavra Pessach, entretanto, remete à passagem do anjo exterminador, enviado por Deus para matar todos os primogênitos do Egito na noite do êxodo.

Os eventos da Páscoa cristã (morte e ressureição de cristo) teriam ocorrido durante a celebração de Pessach, já que Cristo, como se sabe, era judeu (e na última ceia estaria dividindo com os apóstulos exatamente o pão ázimo, uma das tradições judaicas).

Já os termos “Easter” e “Ostern” (Páscoa em inglês e alemão, respectivamente) parecem não ter qualquer relação etimológica com o Pessach. Acredita-se que esses termos estejam relacionados com Eostremonat, nome de um antigo mês germânico, formado pelas palavras Eostre (deusa germânica relacionada com a primavera) e Monat (mês, em alemão).

Fonte: dicionarioetimologico.com.br/pascoa/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s